Versões:

(ARC) - 1969 - Almeida Revisada e Corrigida


Jesus perante Pilatos
15:1
E, LOGO ao amanhecer, os principais dos sacerdotes, com os anciãos, e os escribas, e todo o sinédrio, tiveram conselho; e, ligando Jesus, o levaram e entregaram a Pilatos.
15:2
E Pilatos lhe perguntou: Tu és o Rei dos Judeus? E ele, respondendo, disse-lhe: Tu o dizes.
15:3
E os principais dos sacerdotes o acusavam de muitas coisas; porém ele nada respondia.
15:4
E Pilatos o interrogou outra vez, dizendo: Nada respondes? Vê quantas coisas testificam contra ti.
15:5
Mas Jesus nada mais respondeu, de maneira que Pilatos se maravilhava.
15:6
Ora no dia da festa costumava soltar-lhes um preso qualquer que eles pedissem.
15:7
E havia um chamado Barrabás, que, preso com outros amotinadores, tinha num motim cometido uma morte.
15:8
E a multidão, dando gritos, começou a pedir que fizesse como sempre lhes tinha feito.
15:9
E Pilatos lhes respondeu, dizendo: Quereis que vos solte o Rei dos Judeus?
15:10
Porque ele bem sabia que por inveja os principais dos sacerdotes o tinham entregado.
15:11
Mas os principais dos sacerdotes incitaram a multidão para que fosse solto antes Barrabás.
15:12
E Pilatos, respondendo, lhes disse outra vez: Que quereis pois que faça daquele a quem chamais Rei dos Judeus?
15:13
E eles tornaram a clamar: Crucifica-o.
15:14
Mas Pilatos lhes disse: Mas que mal fez? E eles cada vez clamavam mais: Crucifica-o.
15:15
Então Pilatos, querendo satisfazer a multidão, soltou-lhes Barrabás, e, açoitado Jesus, o entregou para que fosse crucificado.
15:16
E os soldados o levaram dentro à sala, que é a da audiência, e convocaram toda a coorte;
15:17
E vestiram-no de púrpura, e, tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram na cabeça.
15:18
E começaram a saudá-lo, dizendo: Salve, Rei dos Judeus!
15:19
E feriram-no na cabeça com uma cana, e cuspiram nele, e, postos de joelhos, o adoraram.
15:20
E, havendo-o escarnecido, despiram-lhe a púrpura, e o vestiram com os seus próprios vestidos; e o levaram para fora a fim de o crucificarem.
A crucificação
15:21
E constrangeram um certo Simão Cireneu, pai de Alexandre e de Rufo, que por ali passava, vindo do campo, a que levasse a cruz.
15:22
E levaram-no ao lugar do Gólgota, que se traduz por lugar da Caveira.
15:23
E deram-lhe a beber vinho com mirra, mas ele não o tomou.
15:24
E, havendo-o crucificado, repartiram os seus vestidos, lançando sobre eles sortes, para saber o que cada um levaria.
15:25
E era a hora terceira, e o crucificaram.
15:26
E por cima dele estava escrita a sua acusação: O Rei dos Judeus.
15:27
E crucificaram com ele dois salteadores, um à sua direita, e outro à esquerda.
15:28
E cumpriu-se a escritura que diz: E com os malfeitores foi contado.
15:29
E os que passavam blasfemavam dele, meneando as suas cabeças, e dizendo: Ah! tu que derribas o templo, e em três dias o edificas.
15:30
Salva-te a ti mesmo, e desce da cruz.
15:31
E da mesma maneira também os principais dos sacerdotes, com os escribas, diziam uns para os outros, zombando: Salvou os outros, e não pode salvar-se a si mesmo;
15:32
O Cristo, o Rei d?Israel, desça agora da cruz, para que o vejamos e acreditemos. Também os que com ele foram crucificados o injuriavam.
15:33
E, chegada a hora sexta, houve trevas sobre toda a terra até à hora nona.
15:34
E, à hora nona, Jesus exclamou com grande voz, dizendo: Eloi, Eloi, lama sabactâni? que, traduzido, é: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?
15:35
E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Eis que chama por Elias.
15:36
E um deles correu a embeber uma esponja em vinagre, e, pondo-a numa cana, deu-lho a beber, dizendo: Deixai, vejamos se virá Elias tirá-lo.
15:37
E Jesus, dando um grande brado, expirou.
15:38
E o véu do templo se rasgou em dois, d?alto a baixo.
15:39
E o centurião, que estava defronte dele, vendo que assim clamando expirara, disse: Verdadeiramente este homem era o Filho de Deus.
15:40
E também ali estavam algumas mulheres, olhando de longe, entre as quais também Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, o menor, e de José, e Salomé;
15:41
As quais também o seguiam, e o serviam, quando estava na Galileia; e muitas outras, que tinham subido com ele a Jerusalém.
A sepultura de Jesus
15:42
E, chegada a tarde, porquanto era o dia da preparação, isto é, a véspera do sábado,
15:43
Chegou José d?Arimateia, senador honrado, que também esperava o reino de Deus, e ousadamente foi a Pilatos, e pediu o corpo de Jesus.
15:44
E Pilatos se maravilhou de que já estivesse morto. E, chamando o centurião, perguntou-lhe se já havia muito que tinha morrido.
15:45
E, tendo-se certificado pelo centurião, deu o corpo a José;
15:46
O qual comprara um lençol fino, e, tirando-o da cruz, o envolveu nele, e o depositou num sepulcro lavrado numa rocha; e revolveu uma pedra para a porta do sepulcro.
15:47
E Maria Madalena e Maria mãe de José observavam onde o punham.

Pesquisando por Marcos 15:1-47 nas obras literárias.

Procurar Vídeos Sobre Marcos 15:1

Referências em Livro Espírita


Saulo Cesar Ribeiro da Silva

mc 15:15
Evangelho por Emmanuel, O – Comentários ao Evangelho Segundo Mateus

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 0
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:15
Evangelho por Emmanuel, O – Comentários ao Evangelho Segundo Marcos

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 0
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:15
Evangelho por Emmanuel, O – Comentários ao Evangelho Segundo Lucas

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 0
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:15
Evangelho por Emmanuel, O – Comentários ao Evangelho Segundo João

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 0
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:17
Caminho, Verdade e Vida

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 96
Página: 207
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:21
Pão Nosso

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 103
Página: 217
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar
mc 15:30
Palavras de Vida Eterna

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 25
Página: 65
Francisco Cândido Xavier
Emmanuel
Saulo Cesar Ribeiro da Silva
Detalhes Comprar

Wesley Caldeira

mc 15:21
Da Manjedoura A Emaús

Categoria: Livro Espírita
Ref: 11466
Capítulo: 26
Wesley Caldeira
Wesley Caldeira
Detalhes Comprar

Diversos

mc 15:22
Coletânea do Além [Feesp]

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 38
Francisco Cândido Xavier
Diversos
Detalhes Comprar

Irmão X

mc 15:24
Lázaro Redivivo

Categoria: Livro Espírita
Capítulo: 5
Francisco Cândido Xavier
Irmão X
Detalhes Comprar

Referências em Outras Obras


CARLOS TORRES PASTORINO

mc 15:1
Sabedoria do Evangelho - Volume 8

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 20
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:16
Sabedoria do Evangelho - Volume 7

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 26
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:29
Sabedoria do Evangelho - Volume 1

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 33
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:33
Sabedoria do Evangelho - Volume 6

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 26
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:34
Sabedoria do Evangelho - Volume 4

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 5
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:40
Sabedoria do Evangelho - Volume 2

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 11
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar
mc 15:40
Sabedoria do Evangelho - Volume 3

Categoria: Outras Obras
Capítulo: 6
CARLOS TORRES PASTORINO
Detalhes Comprar

Locais

ARIMATÉIA
Cidade.Mateus 7:17

CAVEIRA
Atualmente: ISRAEL
Ver Gólgota

ESPANHA
Atualmente: ESPANHA
País da Europa. Paulo pretendia viajar até a Espanha em sua viagem missionária, porém não há relatos de que tenha cumprido este objetivo. Romanos 15:24

GALILÉIA
Atualmente: ISRAEL
Região de colinas áridas e vales férteis, que se estende a leste e norte do Mar da Galiléia

GÓLGOTA
Atualmente: ISRAEL
Gólgota ou Caveira, um lugar citado em Lucas 23:33

ISRAEL
Atualmente: ISRAEL
País com área atual de 20.770 km2 . Localiza-se no leste do mar Mediterrâneo e apresenta paisagem muito variada: uma planície costeira limitada por colinas ao sul, e o planalto Galileu ao norte; uma grande depressão que margeia o rio Jordão até o mar Morto, e o Neguev, uma região desértica ao sul, que se estende até o golfo de Ácaba. O desenvolvimento econômico em Israel é o mais avançado do Oriente Médio. As indústrias manufatureiras, particularmente de lapidação de diamantes, produtos eletrônicos e mineração são as atividades mais importantes do setor industrial. O país também possui uma próspera agroindústria que exporta frutas, flores e verduras para a Europa Ocidental. Israel está localizado numa posição estratégica, no encontro da Ásia com a África. A criação do Estado de Israel, gerou uma das mais intrincadas disputas territoriais da atualidade. A criação do Estado de Israel em 1948, representou a realização de um sonho, nascido do desejo de um povo, de retornar à sua pátria depois de mil oitocentos e setenta e oito anos de diáspora. Esta terra que serviu de berço aos patriarcas, juízes, reis, profetas, sábios e justos, recebeu, Jesus o Senhor e Salvador da humanidade. O atual Estado de Israel teve sua origem no sionismo- movimento surgido na Europa, no século XIX, que pregava a criação de um país onde os judeus pudessem viver livres de perseguições. Theodor Herzl organizou o primeiro Congresso sionista em Basiléia, na Suíça, que aprovou a formação de um Estado judeu na Palestina. Colonos judeus da Europa Oriental – onde o anti-semitismo era mais intenso, começaram a se instalar na região, de população majoritariamente árabe. Em 1909, foi fundado na Palestina o primeiro Kibutz, fazenda coletiva onde os colonos judeus aplicavam princípios socialistas. Em 1947, a Organização das Nações Unidas (ONU) votou a favor da divisão da Palestina em dois Estados: um para os judeus e outro para os árabes palestinos. Porém, o plano de partilha não foi bem aceito pelos países árabes e pelos líderes palestinos. O Reino Unido que continuava sofrer a oposição armada dos colonos judeus, decidiu então, encerrar seu mandato na Palestina. Em 14 de maio de 1948, véspera do fim do mandato britânico, os líderes judeus proclamaram o Estado de Israel, com David Bem-Gurion como primeiro-ministro. Os países árabes (Egito, Iraque, Síria e Jordânia) enviaram tropas para impedir a criação de Israel, numa guerra que terminou somente em janeiro de 1949, com a vitória de Israel, que ficou com o controle de 75% do território da Palestina, cerca de um terço a mais do que a área destinada ao Estado judeu no plano de partilha da ONU.

JERUSALÉM
Clique aqui e abra o mapa no Google (Latitude:31.783, Longitude:35.217)
Nome Atual: Jerusalém
Nome Grego: Ἱεροσόλυμα
Atualmente: Israel
Jerusalém – 760 metros de altitude (Bronze Antigo) Invasões: cercada por Senequaribe em 710 a.C.; dominada pelo Faraó Neco em 610, foi destruída por Nabucodonosor em 587. Depois do Cativeiro na Babilônia, seguido pela restauração do templo e da cidade, Jerusalém foi capturada por Ptolomeu Soter em 320 a.C., e em 170 suas muralhas foram arrasadas por Antíoco Epifânio. Em 63 a.C. foi tomada por Pompeu, e finalmente no ano 70 de nossa era foi totalmente destruída pelos romanos.

Localizada em um planalto nas montanhas da Judeia entre o Mar Mediterrâneo e o mar Morto, é uma das cidades mais antigas do mundo. De acordo com a tradição bíblica, o rei Davi conquistou a cidade dos jebuseus e estabeleceu-a como a capital do Reino Unido de Israel, enquanto seu filho, o rei Salomão, encomendou a construção do Primeiro Templo.

MORTO
Atualmente: ISRAEL
O Mar Morto é um grande lago salgado, que possui 80 quilômetros de extensão, por 12 quilômetros de largura e está situado entre ISRAEL e Jordânia numa altitude de 400 metros abaixo do nível do mar. O Mar Morto pode ser comparado a um ralo que recebe todos os minerais que escorrem das montanhas vizinhas trazidos pela chuva: enxofre, potássio, bromo, fosfato, magnésio e sódio. A lama que se forma no fundo, é aproveitada para banhos e cosmética. Em suas águas, seis vezes mais salgadas do que as do oceano, vivem apenas microorganismos muito simples. Praticamente, não há vida.

ARIMATEIA
Nome Grego: Ἀριμαθαία
Atualmente: Palestina



Comentários

Beacon

Comentário Bíblico de Beacon - Interpretação abrangente da Bíblia por 40 teólogos evangélicos conservadores






Champlin

Antigo e Novo Testamento interpretado versículo por versículo por Russell Norman Champlin é cristão de cunho protestante
































































































































































































Genebra

Comentários da Bíblia de Estudos de Genebra pela Sociedade Bíblica do Brasil para versão Almeida Revista e Atualizada (ARA)






Matthew Henry

Comentário Bíblico de Matthew Henry, um pastor presbiteriano e comentarista bíblico inglês.






Wesley

Comentário bíblico John Wesley - Metodista - Clérigo Anglicano






Wiersbe

Comentário bíblico expositivo por Warren Wendel Wiersbe, pastor Calvinista






Russell Shedd

Comentários da Bíblia por Russell Shedd, teólogo evangélico e missionário da Missão Batista Conservadora.






NVI F. F. Bruce

Comentário Bíblico da versão NVI por Frederick Fyvie Bruce, um dos fundadores da moderna compreensão evangélica da Bíblia






Moody

Comentários bíblicos por Charles F. Pfeiffer, Batista
























Dúvidas

Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e Contradições da Bíblia, por Norman Geisler e Thomas Howe


















Francis Davidson

O Novo Comentário da Bíblia, por Francis Davidson






John MacArthur

Comentario de John Fullerton MacArthur Jr, Novo Calvinista, com base batista conservadora






Notas de Estudos jw.org

Disponível no site oficial das Testemunhas de Jeová



























































































































































































Apêndices

Israel nos dias de Jesus








A última semana de Jesus na Terra (Parte 2)








Principais acontecimentos da vida terrestre de Jesus

Últimos dias do ministério de Jesus em Jerusalém (Parte 2)








Mapas Históricos

ROMA

56 d.C.







A MORTE DE JESUS E O TÚMULO VAZIO

33 d.C.







A Escrita








OS PROFETAS DE ISRAEL E DE JUDÁ

séculos IX e VIII a.C.







HERODES, O GRANDE, RECONSTRÓI O TEMPLO

19-4 a.C.







O MINISTÉRIO DE JESUS: PRIMEIRO ANO

30 d.C. a março de 31 d.C.







PALESTINA - DISTRITOS GEOPOLÍTICOS








GEOLOGIA DA PALESTINA








HIDROLOGIA, SOLO E CHUVAS NA PALESTINA








JERUSALÉM NO TEMPO DO NOVO TESTAMENTO








O CLIMA NA PALESTINA








As condições climáticas de Canaã








CIDADES DO MUNDO BÍBLICO








A Agricultura de Canaã








ESTRADAS E TRANSPORTE NO MUNDO BÍBLICO









Colaboradores

Esta é uma área reservada para apresentar os materiais enviados pelos colaboradores.
Confira, abaixo, os materiais enviados por outros colaboradores.

missionário

FRANKLIN GONZAGA DE FARIAS - Manaus
O cuidado para não Julgar mesmo sendo julgado!
Marcos 15:2

O cuidado para não julgar mesmo sendo julgado!

 

Muitas das vezes, passamos por situações na vida onde somos colocados como julgador ou julgado.

Mais no reino não e assim que funciona na mente daquele que já e sarado por Cristo, a bíblia diz no Evangelho segundo escreveu  Marcos Apóstolo de Jesus Cristo que Pôncio Pilatos, que era Prefeito da Judéia  nos tempos de Jesus Cristo, onde está escrito   E Pilatos lhe perguntou: Tu és o Rei dos Judeus? E ele, respondendo, disse-lhe: Tu o dizes. Marcos 15:2

  • Aqui vemos o cuidado de Jesus para não julgar mesmo sendo Julgado, ao responder a Pilatos tu o dizes ora Pilatos falou isso acertadamente segundo está escrito no Evangelho segundo escreveu João Apóstolo de nosso Senhor Jesus Cristo. Quando for acusado de algo responda tu o dizes que a palavra do Senhor que está escrita Minha é a vingança e a recompensa, ao tempo que resvalar o seu pé; porque o dia da sua ruína está próximo, e as coisas que lhes hão de suceder, se apressam a chegar”. Deuteronômio 32:35.

·         A ninguém devolvei mal por mal .

Procurai proceder corretamente diante de todas as pessoas.

Empreendei todos os esforços para viver em paz com todos.

Amados, jamais procurai vingar-vos a vós mesmos, mas entregai a ira a

Deus, pois está escrito: ”Minha é a vingança! Eu retribuirei”, declarou o Senhor. Romanos 12:17-19

 

Somente Deus pode julgar pois não temos a capacidade do julgo correto.

Olha, o que a palavra diz.

Vós julgais de acordo com a carne: Eu a ninguém julgo .

E mesmo que Eu julgue, o meu julgamento é verdadeiro, pois não estou só, mas Eu estou com o Pai , que me enviou . João 8:15-16

·         O cuidado para não Julga, ao celebrar a Páscoa com seus discípulos Jesus revela que um dos 12 que estão assentados com ele na mesa vai lhe trair, muitos se perguntam será eu a trair o Senhor e outros será eu a trair o mestre, ao que jesus declara será aquele com colocou a mão no prato junto comigo .

Então Judas, que haveria de consumar a traição, disse: “ Acaso, seria eu , meu Mestre” E Jesus afirmou-lhe: “ Sim, tu o declaraste!” . Mateus 26:25

Veja como Jesus não o condena e sim revela a ele que ninguém e dado por inocente diante da verdade, podemos sim avisar a situação e a conduta das pessoas, no primeiro momento Cristo diz um de vós vai me trair e em outro momento diz essa pessoa colocou a mão no mesmo prato que Eu.

Tudo está se cumprindo conforme a palavra e Deus faz tudo com proposito, não fique surpreso  ao ver a conduta firmada em uma doutrina que não se firmou na verdade e mister que isso tem que acontecer seu alvo e Cristo permaneça firme, no amor e na comunhão dos Santos pois o proposito ao qual a noiva vigilante foi designada é bem maior pois o fiel vai voltar para buscar a sua noiva .

Pode-se   pergunta quem foi Anás é Caifás.

Muitos vão responder são os fariseus responsáveis pela morte de Cristo, outros são aqueles que mandaram prender nosso Jesus, veja ai o ato que julgar.

Na verdade, era  sumo sacerdote :  O papel do sumo sacerdote era preparar e apresentar o sacrifício (Jesus Cristo) a Deus .

Deus e perfeito e sapientíssimo pois ninguém mais gabaritado em Jerusalém  que Caifás  para fazê-lo.

14As pessoas que não têm o Espírito não aceitam as verdades que vêm do Espírito de Deus, pois lhes parecem absurdas; e não são capazes de compreendê-las, porquanto elas são discernidas espiritualmente. 15Contudo, aquele que é espiritual pode discernir todas as coisas, e ele mesmo por ninguém é compreendido; porquanto: 16“Quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo?” Todavia, nós temos a mente de Cristo! O crente infantil e as dissensões 1 Coríntios 2:14-16

Jesus depois de ter sido levado para Caifás na sua residência, este mesmo esteve com Jesus e  onde o intimou: “ Eu te coloco sob juramento diante do Deus vivo e exijo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus!” 64 “Tu mesmo o declaraste”, afirmou-lhe Jesus. “Contudo, Eu revelo a todos vós: Chegará o dia em que vereis o Filho do homem assentado à direita de Todo-Poderoso, vindo sobre as nuvens do céu!” 65 Diante disso, o sumo sacerdote rasgou as suas vestes denunciando: “Ele blasfemou! Por que necessitamos de outras testemunhas? Eis que acabais de ouvir tal blasfêmia!” 66 “Que vos parece?” Responderam eles: “Culpado e merecedor de morte é!” Mateus  26:63b-66

 

1.     Para  Pilatos – Tu o Dizes.

2.     Para Judas ó traidor – tu o declaraste.

3.     Para Caifás – tu mesmo o declaraste.

Jesus diz: “ Não julgueis, para que não sejais julgados.  Mateus 7:1


Contribua conosco. Envie seus estudos sobre Marcos 15:1-47.
Podem ser texto, planilha, áudio, apresentação ou vídeo.

Enviar meu Material


Referências Bíblicas de Marcos 15:1-47

Como a bíblia foi escrita por diversos autores e em períodos e regiões diferentes, a ocorrência de conteúdo cruzado é um ponto útil para o estudo já que explica o texto com referências da própria bíblia.

Ver referências